Disfunção erétil :tribulus terrestris

Quais os benefícios do Tribulus terrestris?

Tribulus terrestris é uma erva daninha da família Zygophyllaceae e nativa de regiões quentes. Muito usada como estimulante sexual e também ela pode ajudar a controlar a pressão arterial, reduzir os níveis de triglicerídeos e ajudar de forma significativa no ganho de massa muscular. 

O tribulus terrestris conta com a substância protodioscina, responsável por todos os benefícios atribuídos à planta. Estudos apontam que a protodioscina estimula uma outra substância chamada óxido nítrico que por sua vez tem um efeito vasodilatador.

Por isso, alguns estudos em animais apontaram que o tribulus terrestris seria capaz de reduzir a pressão arterial e estudos em humanos mostraram que a planta contribui para uma ereção mais prolongada.

Já a protodioscina presente na planta ajuda a inibir a enzima conversora de angiotensina que quando produzida em grandes quantidades leva ao aumento da pressão arterial. Além disso, a protodioscina presente no tribulus terrestris pode estimular o hormônio LH localizado no testículo do homem, este hormônio é estimulado há um aumento na produção de testosterona.

Qual a quantidade recomendada do tribulus terrestris

Dessa forma a quantidade recomendada a se tomar é três doses de tribulus terrestris ao dia de acordo com a orientação do especialista.

Cuidados ao consumir

O tribulus terrestris é indicado para homens com problemas de disfunção erétil  e também para pessoas que tiverem uma queda hormonal. O tribulus terrestris só pode ser ingerido após a orientação médica. Não é orientado para todos.

Pessoas que possuem qualquer tipo de câncer devem evitá-lo. Mulheres com alterações na suprarrenal, com excesso de pelo, problemas de hipertrofia do clitóris, síndromes de androginia, queda de cabelos e pele oleosa também não devem consumir. Esse remédio não é orientado para gestantes, lactantes e crianças.

Seus benefícios são:

Proporciona uma ereção mais duradoura: Um dos poucos benefícios comprovado em humanos por meio de estudos é o de proporcionar uma ereção mais duradoura. Isto provavelmente ocorre porque a planta contribui para a vasodilatação por conter protodioscina. 

Aumenta a libido: Outro ponto observado nas pesquisas com seres humanos é que ele contribui para o aumento da libido.

Apesar de não ter sido constatado uma elevação da testosterona nas pesquisas realizadas em humanos, acredita-se que esta libido elevada ocorra porque a planta levaria a um crescimento transitório deste hormônio. Assim, seria difícil observar uma elevação da testosterona em humanos nas pesquisas.

Reduz a pressão arterial: Estudos feitos em animais observaram que ele contribui para a redução da pressão arterial. Este benefício ocorreria por dois motivos cruciais.

A protodioscina estimula uma outra substância chamada óxido nítrico que por sua vez tem um efeito vasodilatador.

Ela também inibe a enzima conversora de angiotensina que quando produzida em grandes quantidades leva ao aumento da pressão arterial.

One thought on “Disfunção erétil :tribulus terrestris

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *